9 julho 2018

As redes sociais não são mais o abrigo dos memes, textões e selfies, agora, elas também dão espaço para a voz de uma nova geração de poetisas que sorrateiramente vem nos tirando o folego com seus versos certeiros.
Que o mundo dá voltas todo mundo sabe, mas em uma dessas voltas, algo fora do comum aconteceu: a poesia caiu no gosto do povo. A ideia de que poesia era uma coisa intelectual demais, destinada apenas à uma minoria que sabia interpreta-las foi por água abaixo! Poesia virou a febre do momento, os livros estão estão em primeiro lugar nas vendas e são a primeira coisa que você vê ao entrar na livraria.

Com versos diretos e simples, mas com a capacidade de nos arrancar o ar, estes escritores tratam de diversos temas como feminismo, relacionamento abusivo, amor e liberdade.
Nós aqui do Garota Turquesa separamos alguns autores que você P R E C I S A dar uma chance, e o único alerta que damos é: CUIDADO! Você pode ficar com uma vontade estranha de querer tatuar cada uma das poesias pelo seu corpo!

1 – RUPI KAUR
Rupi é uma indiana de 24 anos, ela agora mora do Canadá e vem se tornando um fenômeno de vendas graças aos seus livros “Outros Jeitos de Usar a Boca” e “O Que o Sol Faz Com as Flores”. Suas poesias são carregadas de feminismo e abordam temas como violência e perdas.

eu não fui embora porque
eu deixei de te amar
eu fui embora porque quanto mais
eu ficava menos
eu me amava

2 – RYANE LEÃO
Rayane é uma brasileira de Cuiabá, radicada em São Paulo. Ela estudou Letras e começou a divulgar suas poesias no Instagram e em alguns “lambe lambes” que espalhava pela cidade. Seu livro “Tudo Nela Brilha e Queima” foi publicado, e é voltado para o empoderamento feminino.

Sou vendaval
E te convido
dança comigo
Nessa tempestade
Que é ser eu?

3 – ATTICUS POETRY
Não tem muito o que se dizer, e essa é a melhor parte: ninguém sabe quem é Atticus Poetry! Pode ser mulher, homem, uma senhora, um adolescente… Não vamos descobrir tão cedo, e a frase para explicar seu mistério é que Atticus faz isso para sempre se lembrar de escrever o que sente e não o que os outros acham que ele deveria sentir. É um dos poetas que mais tem suas frases tatuadas e normalmente falam sobre o espirito selvagem, amor e corações partidos. Seu livro acabou de ser lançado no brasil, intitulado como “Gosto Dela Livre”.

Her heart was wild.
but I didn’t want to catch it,
I wanted to run with it,
To set mine free.

5 – NIKITA GILL
Nikita Gill é uma inglesa que teve suas obras rejeitadas pelas editoras nada menos do que 137 vezes! Ela não desistiu, agora tem milhares de seguidores, e três livros publicados, infelizmente, nenhum deles ainda foi traduzido para o português “Your Soul Is a River”, “Wild Embers: Poems Of Rebelion, Fire and Beauty” e “Fierce Fairy Tales: & Other Stories to Sit Your Soul”. Alguns dizem que sua poesia lembra as de Rupi Kaur, e deve ser porque ela também enfatiza muito o feminismo em seus versos.

Some days
I am more wolf
than woman
and I am still learning
how to stop apologizing

As redes sociais não são mais o abrigo dos memes, textões e selfies, agora, elas também dão espaço para a voz de uma nova geração de poetisas que sorrateiramente vem nos tirando o folego com seus versos certeiros.
Que o mundo dá voltas todo mundo sabe, mas em uma dessas voltas, algo fora do comum aconteceu: a poesia caiu no gosto do povo. A ideia de que poesia era uma coisa intelectual demais, destinada apenas à uma minoria que sabia interpreta-las foi por água abaixo! Poesia virou a febre do momento, os livros estão estão em primeiro lugar nas vendas e são a primeira coisa que você vê ao entrar na livraria.

Com versos diretos e simples, mas com a capacidade de nos arrancar o ar, estes escritores tratam de diversos temas como feminismo, relacionamento abusivo, amor e liberdade.
Nós aqui do Garota Turquesa separamos alguns autores que você P R E C I S A dar uma chance, e o único alerta que damos é: CUIDADO! Você pode ficar com uma vontade estranha de querer tatuar cada uma das poesias pelo seu corpo!

1 – RUPI KAUR
Rupi é uma indiana de 24 anos, ela agora mora do Canadá e vem se tornando um fenômeno de vendas graças aos seus livros “Outros Jeitos de Usar a Boca” e “O Que o Sol Faz Com as Flores”. Suas poesias são carregadas de feminismo e abordam temas como violência e perdas.

eu não fui embora porque
eu deixei de te amar
eu fui embora porque quanto mais
eu ficava menos
eu me amava

2 – RYANE LEÃO
Rayane é uma brasileira de Cuiabá, radicada em São Paulo. Ela estudou Letras e começou a divulgar suas poesias no Instagram e em alguns “lambe lambes” que espalhava pela cidade. Seu livro “Tudo Nela Brilha e Queima” foi publicado, e é voltado para o empoderamento feminino.

Sou vendaval
E te convido
dança comigo
Nessa tempestade
Que é ser eu?

3 – ATTICUS POETRY
Não tem muito o que se dizer, e essa é a melhor parte: ninguém sabe quem é Atticus Poetry! Pode ser mulher, homem, uma senhora, um adolescente… Não vamos descobrir tão cedo, e a frase para explicar seu mistério é que Atticus faz isso para sempre se lembrar de escrever o que sente e não o que os outros acham que ele deveria sentir. É um dos poetas que mais tem suas frases tatuadas e normalmente falam sobre o espirito selvagem, amor e corações partidos. Seu livro acabou de ser lançado no brasil, intitulado como “Gosto Dela Livre”.

Her heart was wild.
but I didn’t want to catch it,
I wanted to run with it,
To set mine free.

5 – NIKITA GILL
Nikita Gill é uma inglesa que teve suas obras rejeitadas pelas editoras nada menos do que 137 vezes! Ela não desistiu, agora tem milhares de seguidores, e três livros publicados, infelizmente, nenhum deles ainda foi traduzido para o português “Your Soul Is a River”, “Wild Embers: Poems Of Rebelion, Fire and Beauty” e “Fierce Fairy Tales: & Other Stories to Sit Your Soul”. Alguns dizem que sua poesia lembra as de Rupi Kaur, e deve ser porque ela também enfatiza muito o feminismo em seus versos.

Some days
I am more wolf
than woman
and I am still learning
how to stop apologizing

escrito por

Apenas uma escorpiana de 21 anos tentando se formar em letras, dividindo o tempo entre ir para as festinhas, ler todos os livros e assistir todas as séries possíveis e, entre tudo isso, numa mistura doida, escrever historias que já ouviu, viveu e criou. Para me conhecer melhor me segue nas redes sociais @nannasl


desenvolvido por QRNO