20 abril 2018

Quando em nossas vidas chegamos ao ponto de não sabermos o que fazer ou qual é o melhor caminho para seguir, nos perdemos, ficamos confusos e com medo. Em momentos escuros o medo e a raiva são os nossos melhores amigos, mas não deviam ser.

Ele chegou nesse ponto aos 22 anos. Muitos dizem que era muito jovem para tais sentimentos e angústias, mas ninguém viveu o que ele viveu. Então, não importa o que os outros vão pensar, ou dizer, pois todos já passaram por momentos como esse, mas são hipócritas o suficiente para negar. Bom, minha querida Maria Alice, você deve estar se perguntando o porquê de sua velha tia estar falando essas coisas, para muitos tudo isso são besteiras, mas deixo para você tirar essa conclusão.

Sabe, Maria, a vida é uma loucura, mas ainda não decidi se é a vida ou são pessoas, ou a soma desses dois fatores. Tem algo mais, ela dá voltas e às vezes ela volta para nos cobrar ou nos lembrar de algo que está dentro de nós. Os chamados fantasmas do passado. As pessoas, em sua maioria, e eu me incluo nesse grupo, têm medo desses fantasmas. Por isso, Maria Alice, nunca faça algo que se arrependa mais tarde, sempre siga o seu coração, por mais clichê que esse conselho pareça, para que você não sofra desse mal.
Bom, estava te dizendo que quando você chegar em um momento crucial da sua vida e não souber qual é o caminho a se tomar, pois nós seres humanos somos impacientes e queremos tudo para já, peço que tenha paciência, esperança e fé. Não digo fé no sentido de crer em um Deus, mas fé no sentido de crer em você. Foi o que disse para ele quando tinha apenas 22 anos, mas essa carta não é para o seu querido Tio Fran, e sim para você, minha querida flor. Digo para você a mesma coisa que disse para Fran, que a vida merece ser vivida, independentemente das coisas ruins que nos abatem todos os dias.

Maria, lhe recomendo que viva a vida, mas não seja telespectadora como muitos fazem. Não corra com a vida, pois ela já corre sozinha. Viva a sua vida seguindo a sua consciência, livre de opiniões alheias, mesmo que essas opiniões sejam das pessoas que mais amamos. Aprendi nesses meus 46 anos que nessa vida tudo passa, das coisas mais felizes as mais tristes, então, minha querida, isso que você está passando vai passar. Não sei ao certo quanto tempo vai levar, mas confia que vai passar e depois que todo sentimento se for, você tirará uma conclusão das coisas que viveu, valeu ou não a pena. Só você poderá tirar essa conclusão. Se o resultado for negativo, espero que não fique com raiva de si mesma e entenda tudo que sentiu, para que tais acontecimentos não se repitam.

Espero que depois que tudo passar, você viva a sua viva sob as suas regras e condutas. Seja feliz, para que quando dias sombrios chegarem, você se lembre que a vida merece ser vivida, pois ela é única e permite recomeçar quantas vezes quisermos, e não faz julgamentos. A vida Maria, é o nosso melhor presente. Felizmente ou infelizmente, só temos uma.

Quando em nossas vidas chegamos ao ponto de não sabermos o que fazer ou qual é o melhor caminho para seguir, nos perdemos, ficamos confusos e com medo. Em momentos escuros o medo e a raiva são os nossos melhores amigos, mas não deviam ser.

Ele chegou nesse ponto aos 22 anos. Muitos dizem que era muito jovem para tais sentimentos e angústias, mas ninguém viveu o que ele viveu. Então, não importa o que os outros vão pensar, ou dizer, pois todos já passaram por momentos como esse, mas são hipócritas o suficiente para negar. Bom, minha querida Maria Alice, você deve estar se perguntando o porquê de sua velha tia estar falando essas coisas, para muitos tudo isso são besteiras, mas deixo para você tirar essa conclusão.

Sabe, Maria, a vida é uma loucura, mas ainda não decidi se é a vida ou são pessoas, ou a soma desses dois fatores. Tem algo mais, ela dá voltas e às vezes ela volta para nos cobrar ou nos lembrar de algo que está dentro de nós. Os chamados fantasmas do passado. As pessoas, em sua maioria, e eu me incluo nesse grupo, têm medo desses fantasmas. Por isso, Maria Alice, nunca faça algo que se arrependa mais tarde, sempre siga o seu coração, por mais clichê que esse conselho pareça, para que você não sofra desse mal.
Bom, estava te dizendo que quando você chegar em um momento crucial da sua vida e não souber qual é o caminho a se tomar, pois nós seres humanos somos impacientes e queremos tudo para já, peço que tenha paciência, esperança e fé. Não digo fé no sentido de crer em um Deus, mas fé no sentido de crer em você. Foi o que disse para ele quando tinha apenas 22 anos, mas essa carta não é para o seu querido Tio Fran, e sim para você, minha querida flor. Digo para você a mesma coisa que disse para Fran, que a vida merece ser vivida, independentemente das coisas ruins que nos abatem todos os dias.

Maria, lhe recomendo que viva a vida, mas não seja telespectadora como muitos fazem. Não corra com a vida, pois ela já corre sozinha. Viva a sua vida seguindo a sua consciência, livre de opiniões alheias, mesmo que essas opiniões sejam das pessoas que mais amamos. Aprendi nesses meus 46 anos que nessa vida tudo passa, das coisas mais felizes as mais tristes, então, minha querida, isso que você está passando vai passar. Não sei ao certo quanto tempo vai levar, mas confia que vai passar e depois que todo sentimento se for, você tirará uma conclusão das coisas que viveu, valeu ou não a pena. Só você poderá tirar essa conclusão. Se o resultado for negativo, espero que não fique com raiva de si mesma e entenda tudo que sentiu, para que tais acontecimentos não se repitam.

Espero que depois que tudo passar, você viva a sua viva sob as suas regras e condutas. Seja feliz, para que quando dias sombrios chegarem, você se lembre que a vida merece ser vivida, pois ela é única e permite recomeçar quantas vezes quisermos, e não faz julgamentos. A vida Maria, é o nosso melhor presente. Felizmente ou infelizmente, só temos uma.

escrito por

Escorpiana, 22 anos, estudante de letras, criadora do Garota Turquesa. Deixou seus medos para trás e foi realizar seu sonho. Para me conhecer melhor me siga nas redes sociais @Gabimodolo26


desenvolvido por QRNO